PT | ES | EN Acessar

Blog

Categorias

February/2024 - O que faz um diretor de gestão de riscos?

Para destacar o papel essencial do Diretor de Gestão de Riscos, imagine um maestro regendo uma orquestra, onde cada nota é um risco potencial e a harmonia final é o sucesso organizacional. Este profissional, alinhando estratégias com objetivos empresariais e desenvolvendo políticas robustas, assegura que a abordagem ao risco seja uma melodia integrada em todos os níveis da empresa. Liderando avaliações, fomentando uma cultura proativa de gestão e implementando medidas eficazes, o Diretor transforma riscos em oportunidades, promovendo uma resiliência sem precedentes. Descubra como este papel vital conduz a organização para além da prevenção, em direção à inovação e sucesso duradouro.

Leia mais

November/2023 - ISO 31050: Gestão de riscos emergentes para aumentar a resiliência

Descubra a ISO 31050: A Chave para Gerenciar Riscos Emergentes e Fortalecer a Resiliência Organizacional! Em um mundo em constante mudança, entender e gerir riscos emergentes é vital. A Norma ISO 31050:2023 surge como uma ferramenta essencial, complementando a ISO 31000, para auxiliar organizações de todos os tamanhos a enfrentarem riscos novos e evolutivos. Mas o que são riscos emergentes? Eles incluem desafios oriundos de inovações tecnológicas, mudanças sociais e processos ou produtos novos. A ISO 31050 foca em estratégias integradas e dinâmicas para abordar esses riscos, promovendo uma gestão eficaz e uma melhoria contínua. Descubra como a ISO 31050 orienta sobre comunicação, definição de escopo e critérios, avaliação, tratamento e monitoramento de riscos emergentes. Além disso, exploramos a relação entre a ISO 31000 e a ISO 31050 e como ambas contribuem para a resiliência organizacional. No artigo completo da Plataforma t-Risk, apresentamos um estudo de caso envolvente da "InnovaTech", mostrando a aplicação prática da norma na gestão de desafios relacionados à Inteligência Artificial. Se você está procurando maneiras de preparar sua organização para riscos desconhecidos e emergentes, este artigo é para você! Mergulhe conosco nesta análise detalhada da ISO 31050 e descubra como ela pode transformar a gestão de riscos na sua empresa.

Leia mais

November/2023 - Antecipando o inesperado: Uma abordagem prática para detectar riscos em mudanças estratégicas

Antecipar o inesperado nas mudanças estratégicas é um desafio que todas as organizações enfrentam. Em um ambiente de negócios em constante evolução, a capacidade de identificar, avaliar e mitigar riscos torna-se crucial. Nossa equipe de especialistas compartilha insights valiosos nesse artigo sobre como a gestão de riscos estratégicos pode ser a bússola confiável para o sucesso duradouro da sua organização. Primeiro, é fundamental entender as fontes de mudança, sejam elas tendências de mercado, inovações tecnológicas, requisitos regulatórios ou outros fatores. Essa análise profunda do ambiente externo e interno fornece insights valiosos sobre as incertezas que podem surgir. Cada detalhe, desde uma mudança na cultura organizacional até uma nova regulamentação, deve ser meticulosamente examinado. Em seguida, a análise de riscos é crucial. Diferenciar oportunidades de ameaças é essencial. Algumas mudanças podem abrir portas para novos mercados ou eficiências operacionais, enquanto outras representam desafios significativos que precisam ser abordados. A análise SWOT, por exemplo, permite discernir as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças inerentes a cada risco. A avaliação dos riscos considera o apetite da organização aos riscos. Isso guia as decisões, assegurando que os riscos assumidos estejam alinhados com os valores e metas da empresa. Depois de identificar e analisar os riscos, é vital entender o quanto a organização está disposta a aceitá-los em busca de seus objetivos estratégicos. Na fase de mitigação, medidas proativas são estabelecidas para gerenciar e minimizar os riscos identificados. Isso pode envolver ajustes operacionais, implementação de novas tecnologias ou até a formação contínua das equipes. Por último, mas não menos importante, vem a avaliação dos resultados. A gestão de riscos é um processo contínuo. Após a implementação das mudanças e controles estratégicos, é vital revisar e monitorar regularmente os resultados para aprender com eles. Navegar pelo mar de mudanças estratégicas sem uma bússola de gestão de riscos robusta pode ser arriscado. No entanto, com os passos corretos, as organizações não apenas enfrentarão as tempestades, mas também aproveitarão os ventos favoráveis para impulsionar o crescimento e a inovação. A gestão de riscos estratégicos é a chave para esse sucesso duradouro.

Leia mais

October/2023 - Ascensão da Gestão de Riscos na esfera pública: análise da Portaria 632 e da Lei de Licitações 14.133

Gestão de Riscos em Ascensão na Esfera Pública Brasileira | Está por dentro das mais recentes evoluções na gestão de riscos no setor público? Na Plataforma t-Risk, analisamos a fundo a Portaria Nº 632/23 (Política de Gestão de Riscos) e a Lei de Licitações 14.133/21 (que exige gestão de riscos), dois marcos regulatórios que refletem a crescente prioridade da GESTÃO DE RISCOS no Brasil. "Dando um passo adiante, a Lei de Licitações (Lei 14.133/2021) também reflete essa crescente ênfase na gestão de riscos... reconhecendo sua importância na garantia de processos transparentes, eficientes e responsáveis." Combinando análise detalhada com insights práticos, nosso artigo destaca como essas normativas se alinham com padrões internacionais para GESTÃO DE RISCOS e reforçam a importância do engajamento das partes interessadas. Se você busca aprofundar seus conhecimentos e compreender as implicações de longo prazo destas regulamentações, este é um material imperdível! Mas não paramos por aí! Exploramos um estudo de caso envolvendo a SecTech, ilustrando como essas regulamentações impactam diretamente as empresas prestadoras de serviços ao governo, ressaltando o ROI obtido através da gestão de riscos eficaz. “Ao priorizar o engajamento e a participação das partes interessadas, garantimos que a gestão de riscos seja não apenas uma atividade formal, mas uma jornada coletiva rumo à excelência organizacional.”  Na t-Risk, nosso compromisso é oferecer insights e soluções confiáveis, respaldados por uma profunda expertise no tema. Junte-se a nós nesta jornada rumo à excelência em gestão de riscos!

Leia mais

October/2023 - Maturidade em Risco: o pilar fundamental para o futuro das organizações!

Maturidade em Risco: o pilar fundamental para o futuro das Organizações! Vivemos em um mundo onde a complexidade e a incerteza são a nova norma. Mas, como sua organização está se adaptando e prosperando neste cenário? A resposta está na maturidade em gestão de riscos. Mergulhe em nosso novo artigo, inspirado na renomada pesquisa "The State of Risk Oversight 2023" da AICPA e descubra por que medir, desenvolver e aprimorar a maturidade em risco é crucial para o sucesso sustentável das organizações. "A maioria das organizações enfrenta eventos de risco significativos, mas quantas realmente têm a maturidade necessária para antecipar, adaptar-se e agir proativamente?" – Essas são questões críticas que nosso artigo aborda, revelando insights cruciais para o futuro da gestão de riscos. E o mais destacado? Apresentamos um Roteiro Estratégico para Ampliar a Maturidade em Risco. Este guia, organizado em tópicos diretos, é sua bússola para navegar pelos desafios emergentes e posicionar sua organização na vanguarda da gestão de riscos. Reconheça o valor da maturidade em risco. Empodere sua organização com estratégias comprovadas e caminhe com confiança rumo a um futuro resiliente. Acesse o link, absorva o conhecimento e transforme sua abordagem de risco!

Leia mais

October/2023 - Teoría y práctica sobre Gestión de Riesgos

Este artículo aborda el tema del tratamiento de riesgos, discutiendo los diferentes enfoques de mitigación y compartición (transferencia) de riesgos. Inicialmente, se explora la importancia de evitar que la incertidumbre afecte los objetivos, considerando la opción de retener el riesgo como una posibilidad. A continuación, utilizando un escenario ficticio, se analiza un evento con una probabilidad de ocurrencia de 0,01 en el próximo año y el consecuente desvío del 60% con respecto a las expectativas en caso de materializarse. Posteriormente, se exploran los condicionantes que pueden llevar a la elección del tratamiento de riesgos a través de la compartición o mitigación. Los factores que pueden influir en la determinación de optar por la transferencia o mitigación del riesgo incluyen el impacto económico, la capacidad de control, la disponibilidad de recursos, el contexto y la naturaleza del evento, y la tolerancia al riesgo de la organización. Además, se destaca que hay situaciones en las que retener el riesgo es una opción viable, siempre que se consideren aspectos como el impacto económico, la capacidad de recuperación, la planificación de contingencias y el seguimiento continuo de los riesgos. También se resalta que ciertas medidas de mitigación o transferencia de riesgos son obligatorias debido a exigencias legales, como el seguro de responsabilidad civil, el cumplimiento normativo, las medidas de seguridad en el trabajo, la protección de datos y privacidad, y la gestión de riesgos financieros. Estas obligaciones reflejan la necesidad de proteger intereses públicos, historial de incidentes, asimetría de información, externalidades negativas e intereses comerciales y económicos. Este estudio contribuye a una comprensión integral de los factores que influyen en la determinación del tratamiento de riesgos, proporcionando percepciones sobre la toma de decisiones y el cumplimiento legal. El conocimiento de estos elementos es crucial para una gestión eficaz de los riesgos y para garantizar el logro de los objetivos organizacionales.

Leia mais

September/2023 - Traduzindo números em decisões: como comunicar Riscos Quantitativos de forma clara e eficaz

Se você já se perguntou sobre a melhor maneira de apresentar e comunicar riscos de forma compreensível e prática, este artigo é para você! Nossa mais recente publicação na t-Risk foi meticulosamente elaborada para atender às necessidades dos profissionais que lidam diariamente com a gestão de riscos. O que esperar do artigo? - 10 dicas práticas, estruturadas de forma lógica, para aprimorar sua abordagem de comunicação de riscos. - Exemplos ilustrativos em cada dica, tornando os conceitos apresentados facilmente assimiláveis. - Um guia passo a passo para você começar a implementar as dicas e estratégias, e até mesmo inspirar-se para criar as suas próprias! "Uma das maiores diferenças da humanidade em relação aos outros animais é nossa capacidade sofisticada de comunicação. No mundo dos negócios, essa habilidade se traduz em tomadas de decisão mais informadas e precisas." Além disso, garantimos um mergulho profundo no tema com nossa rica lista de Referências Bibliográficas, guiando você através de leituras complementares essenciais. A t-Risk se orgulha de promover uma comunicação com empatia, expertise e confiança. Nosso objetivo? Capacitar você para liderar com clareza e eficácia a gestão de riscos em sua organização! Não perca!  Acesse agora e leve sua comunicação sobre gestão de riscos a um novo patamar.  

Leia mais

September/2023 - La incertidumbre como punto de partida: reflexiones del libro Si la naturaleza es la respuesta, ¿cuál era la pregunta?

¡Descubre cómo lidiar con la incertidumbre en la gestión de riesgos!  El mundo de los negocios es complejo y lleno de incertidumbres, ¿pero sabías que pensar en la incertidumbre es esencial para tomar decisiones informadas y adaptativas? En el libro "Si la naturaleza es la respuesta, ¿cuál era la pregunta?" de Jorge Wagensberg, se nos invita a explorar una perspectiva fascinante sobre la incertidumbre y cómo abordarla basándonos en una lógica profunda y fundamentada en la propia naturaleza.  Descubre cómo la intersección entre la incertidumbre y el pensamiento puede ser un poderoso impulsor para tomar decisiones inteligentes y audaces. Aprende a evaluar riesgos, considerar diferentes escenarios plausibles y estimar probabilidades basadas en la información disponible.  En el mundo de la gestión de riesgos, es fundamental alimentar nuestra lógica con lo que es lógicamente viable y plausible. De esta forma, estaremos preparados para enfrentar los desafíos del entorno empresarial, minimizando riesgos y maximizando oportunidades. No temas a la incertidumbre, abrázala como punto de partida para el crecimiento y la innovación. Descubre cómo la gestión de riesgos se convierte en un arte y una ciencia para navegar con éxito en un mundo incierto.  ¡Lee el artículo completo y amplía tus horizontes!

Leia mais

September/2023 - Gênese da gestão de riscos: da teoria das probabilidades aos pensadores contemporâneos (parte 2/2)

Continuamos nossa jornada pelo fascinante universo da GESTÃO DE RISCOS. Se você ficou intrigado com a primeira parte do estudo, temos boas notícias! O aguardado segundo capítulo de "Gênese da gestão de riscos: da teoria das probabilidades aos pensadores contemporâneos" já está disponível!  A era contemporânea mergulhou nas incertezas, nos vieses cognitivos, nas falácias matemáticas e nos riscos globais criados pelo homem. Nesse contexto, exploramos as brilhantes mentes de visionários como Bill Gore, com sua ideia transformadora do Princípio da Linha d'Água, e John Allen Paulos, que nos lembra a importância vital da alfabetização numérica no mundo moderno. Nesta nova entrega, mergulhamos profundamente nas contribuições que moldaram o campo contemporâneo da gestão de riscos. Descubra como pensadores como Kahneman e Tversky revolucionaram nossa compreensão dos vieses humanos e como Taleb nos despertou para os riscos dos "cisnes negros". Convidamos você a se juntar a nós nesta descoberta. Empatia, confiança e insights aguardam. Desvende a teia de riscos interconectados, probabilidade e decisão, contada através das lentes desses notáveis ​​pensadores. Prepare-se para uma leitura instigante que conecta o passado, o presente e esboça possibilidades de futuro da gestão de riscos! 

Leia mais

September/2023 - Gênese da gestão de riscos: da teoria das probabilidades aos pensadores contemporâneos (parte 1/2)

Da curiosa análise de jogos de azar de Cardano aos revolucionários conceitos de Laplace: já parou para pensar de onde vêm as bases da gestão de riscos? No nosso mais recente artigo, mergulhamos fundo na trajetória da teoria das probabilidades, explorando as mentes brilhantes que moldaram nossa compreensão atual sobre o tema. Conheça as histórias, descubra exemplos práticos e veja como antigos dilemas influenciaram decisões informadas de hoje. Confira Gênese da gestão de riscos: da teoria das probabilidades aos pensadores contemporâneos (parte 1/2). Uma jornada fascinante através do tempo, que conecta matemática e vida cotidiana, aguarda por você. 

Leia mais

September/2023 - Implementación de un sistema de gestión de riesgos orientado a procesos: estrategias y dificultades

🇪🇸 ¡Articulo nuevo! Descubre cómo equilibrar los beneficios de la GESTIÓN DE RIESGOS BASADA EN PROCESOS con las dificultades prácticas en diferentes entornos organizativos. En este artículo, analizamos los requisitos mínimos necesarios para implementar un sistema efectivo de gestión integrada de riesgos orientado a procesos. Exploramos estrategias para abordar desafíos y excepciones, considerando desde la cultura organizativa hasta la disponibilidad de recursos. Además, discutimos el papel de la tecnología como aliada en este equilibrio, resaltando su importancia en la recopilación y análisis de datos, automatización de procesos, comunicación y colaboración, monitoreo y alertas, y análisis avanzado de escenarios. Ven y descubre cómo impulsar la calidad y eficacia de la gestión de riesgos mientras te adaptas a las necesidades y realidades de tu organización. Lee ahora y profundiza tus conocimientos sobre este tema fundamental para el éxito empresarial.

Leia mais

August/2023 - ¿Estás preparado para ser el futuro CRO de tu organización?

Los años de la pandemia de Covid-19 hicieron que el mundo se adaptara rápidamente a una nueva realidad sanitaria y económica. Riesgos que antes eran impensables exigen ahora un perfil más anticipativo y estratégico por parte de los gestores de riesgos. Este escenario ha llevado a las organizaciones a acelerar el proceso de creación, a nivel gerencial, del cargo de Chief Risk Officer (CRO), ocupado por un profesional que entiende los riesgos como un medio para alcanzar los objetivos de la organización. ¡Lee nuestro artículo y deja tu opinión!

Leia mais

August/2023 - Gerenciando riscos legais e reputacionais: casos e análises

Em um cenário empresarial volátil, as corporações enfrentam desafios muito além das simples competições de mercado. Já refletiu sobre os intrincados riscos legais e reputacionais que marcas renomadas enfrentam? E como elas conseguem manter a estabilidade nesse mar revolto de desafios. Mergulhe conosco em uma investigação minuciosa que começa com a compreensão desses riscos e se estende até as metodologias de gerenciamento. Usamos exemplos palpáveis, como a Apple e os conflitos com o FBI.  O CEO da Apple, Tim Cook, posicionou-se publicamente sobre a delicada questão da 'porta traseira' em dispositivos. A magnitude das repercussões dessa decisão é um alerta para todos nós. Mas a análise não para por aí! Também examinamos o emblemático caso da PB no Golfo do México, abrindo caminho para compreender os riscos interligados e suas consequências reais. Ao longo de nosso artigo, construído a partir de diálogos profundos e reflexivos, não apenas discorremos sobre as abordagens da ISO 31000, mas também introduzimos outros estudos de caso que enriquecerão ainda mais sua visão sobre o gerenciamento de riscos. Esta é sua oportunidade de se aprofundar e entender, de forma empática e criteriosa, os intrincados caminhos que as grandes corporações percorrem. Venha conosco e desvende os segredos por trás de uma gestão de riscos eficiente! 

Leia mais

August/2023 - El pequeño gran libro del riesgo de Dan Borges

¡Descubre el arte de la gestión de riesgos! El objetivo de la gestión de riesgos es mejorar el futuro, no explicar el pasado. Este pensamiento, extraído del fascinante libro El pequeño gran libro del riesgo de Dan Borges, es solo una muestra de los muchos insights que esta obra ofrece para quienes se sumergen en el complejo mundo de la gestión de riesgos.  El artículo que te presentamos desgrana, con profundo conocimiento y empatía, los cuatro perfiles esenciales con los que te puedes encontrar en este ámbito. Cada uno de ellos aborda la incertidumbre de la vida de una manera distinta, desde el fatalista hasta el pragmático gerente de riesgos. ¿Te sientes identificado con alguno de ellos? Al entender a nuestro interlocutor, se despeja el camino para presentar estrategias eficaces y dar luz verde a proyectos cruciales. Y para ti, profesional en gestión de riesgos, este contenido no solo es esencial: es una guía para actuar con confianza y precisión en un mundo donde el riesgo es la única constante. No te quedes solo con estas palabras, entra y descubre todo lo que este artículo tiene para ti. Porque el riesgo, correctamente gestionado, es la puerta a grandes oportunidades.

Leia mais

August/2023 - Relatório descritivo ou painel de indicadores: risk assessment

Relatório descritivo e analítico ou Painel de Indicadores para apresentar resultados de risk assessment? Já se perguntou como comunicar eficientemente os riscos de segurança conforme padrões internacionais? Ou como demonstrar o ROI (Retorno sobre o Investimento) de suas estratégias de segurança? Neste mundo digitalizado, o Chief Security Officer necessita tomar decisões rápidas e embasadas através de visualizações concisas e objetivas. No entanto, gerentes e síndicos podem necessitar de mais informações para terem entendimentos mais aprofundados. Veja o que preparamos para você: - Para um CSO, tempo é essencial. Uma rápida olhada em gráficos claros deve mostrar o panorama dos riscos da organização.  - Por outro lado, stakeholders como gerentes e síndicos demandam um conhecimento mais descritivo. Eles desejam entender a raiz do problema e as soluções recomendadas para autorizar e/ou priorizar.  - Descubra através de nosso estudo de caso prático, como a integração entre relatório descritivo e painel de indicadores, orientado pela ISO 31000, pode oferecer insights valiosos e garantir um retorno positivo sobre seu investimento.  No nosso novo artigo, exploramos a sinergia entre relatório descritivo e painel de indicadores, e como a ISO 31000 pode ser a bússola na sua jornada de gestão de riscos. Não é uma questão de escolher "um ou outro", mas de entender "quando e como" aplicar cada ferramenta. Aprofundamos nossa expertise para te orientar nesse caminho.  Clique no link e acesse um universo de insights e abordagens integradas. Gestão de Riscos e eficácia na comunicação nunca estiveram tão interligadas. 

Leia mais

August/2023 - Impacto das normas de Basileia na gestão de riscos nos últimos 40 anos

Uma Jornada pela Evolução da Gestão de Riscos! | Já se perguntou como as normas de Basileia têm influenciado a gestão de riscos nas últimas quatro décadas? Convidamos você a embarcar em uma análise profunda, traçando a evolução deste impacto desde as normas de gestão de riscos operacionais de Basileia até a comparação com a renomada norma ISO 31000. Neste estudo, exploramos semelhanças, diferenças e possíveis influências recíprocas entre esses pilares da gestão de riscos. Na segunda metade do estudo, a cada seção, detalhamos a ISO 31000, comparando-a com as diretrizes da Basileia, fornecendo uma visão panorâmica sobre como estas normativas dialogam entre si. Nosso estudo destaca também como a gestão de riscos, impulsionada por normas como a ISO 31000 e as diretrizes de Basileia, tem refletido na segurança corporativa e até mesmo em órgãos reguladores brasileiros como o BACEN e TCU. Com a assinatura de especialistas em gestão de riscos de nossa organização, que trazem na bagagem mais de 30 anos de vivência prática e teórica, este estudo não apenas ilumina, mas também instiga reflexões. Se busca entender o passado, presente e as possíveis direções futuras da gestão de riscos, este artigo é um convite à descoberta. Na t-Risk, nossa missão é não apenas estudar, mas vivenciar e disseminar o conhecimento acumulado em gestão de riscos.

Leia mais

August/2023 - La teoría de la decisión y su importancia en la gestión de riesgos

¿Sabes por qué la TEORÍA DE LA DECISIÓN es importante en la gestión de riesgos? La teoría de la decisión es importante en la GESTIÓN DE RIESGOS porque le permite actuar de forma lógica en situaciones en las que los resultados son intrínsecamente inciertos. ¿Conoces la Teoría de la Decisión? ¡Lee el artículo completo y deja tu comentario en las redes sociales!

Leia mais

August/2023 - Arte e ciência da gestão de riscos: habilidades e competências que todo CRO deve possuir

Se você quer entender a arte da gestão de riscos e as competências essenciais para ser um CRO (Chief Risk Officer) excepcional, nossa mais recente exploração é para você! Nossa equipe de especialistas, com mais de 30 anos de experiência na gestão de riscos, traz insights exclusivos na "Arte e ciência da gestão de riscos: habilidades e competências que todo CRO deve possuir". O que você vai descobrir: Tomada de decisões em meio a incertezas: Como líderes de risco enfrentam a complexidade e traçam estratégias para navegar em ambientes voláteis. Antecipação e controle de riscos estratégicos: A capacidade vital de antecipar riscos e implementar controles que protegem os objetivos da organização no longo prazo. Desenvolvimento de estratégias robustas de gestão de riscos: Como organizações bem-sucedidas diversificam e implementam protocolos para prosperar em crises como a financeira de 2008. Criação e implantação de sistemas de gestão de riscos: A importância dos sistemas modernos de gestão de riscos, integrando todo o ecossistema empresarial. Certificações: Descubra quais são as certificações mais conhecidas em gestão de riscos, incluindo a C31000 do G31000, com quase 1000 profissionais certificados no Brasil. Este artigo não é apenas teórico; é um guia prático e estratégico, repleto de exemplos, que reflete nossa dedicação à excelência em gestão de riscos. Preparado para se aprofundar neste mundo fascinante e crucial para o futuro das organizações? Clique no link e mergulhe na leitura! 

Leia mais

July/2023 - Estilo de liderazgo eficiente en la gestión integral de riesgos corporativos

¿Qué es liderazgo y qué cualidades debe poseer un buen líder, no solo en el área de gestión de riesgos, sino en todas las áreas de la organización? Los buenos líderes no sólo son fundamentales, son una condición sine qua non para la supervivencia de la organización, por lo tanto, tener buenos líderes ayudará a tu organización a crecer y estar entre las principales marcas de tu sector. En nuestra visión, el estilo de liderazgo más eficiente para la creación de una cultura resiliente, basada en la gestión de riesgos, es el Liderazgo Transformacional. Para implementar la estrategia del nuevo modelo de las Tres Líneas del IIA 2020 siguiendo el proceso descrito en la ISO 31000, será necesario creatividad, resiliencia y la participación de todas las personas de la organización en pro de un objetivo compartido. Conoce más, lee el artículo completo haciendo clic en el enlace!

Leia mais

July/2023 - Fatores que influenciam o nível de maturidade da gestão de riscos

Melhore a gestão de riscos em sua organização! Descubra os fatores-chave para alcançar a maturidade na gestão de riscos e as estratégias eficazes para isso. Em nosso novo artigo, analisamos como a cultura organizacional, o comprometimento da alta direção, a integração nos processos de negócio e a comunicação efetiva são elementos fundamentais para fortalecer a gestão de riscos. Além disso, aprofundamos a importância de aprender com experiências passadas e adotar uma abordagem baseada em processos. Nosso time de especialistas em gestão de riscos compartilha dicas práticas e estratégias comprovadas para estabelecer uma cultura de risco, fortalecer o compromisso dos líderes, integrar a gestão de riscos em todos os níveis da organização, estabelecer uma estrutura de responsabilidade clara e promover uma comunicação aberta. Não perca este valioso conteúdo que o ajudará a fortalecer a gestão de riscos em sua organização!  Clique para ler o artigo completo!

Leia mais

July/2023 - Factores que influyen en el nivel de madurez de la gestión del riesgo

¡Mejora la gestión de riesgos en tu organización! Descubre los factores clave para alcanzar la madurez en la gestión de riesgos y las estrategias efectivas para lograrlo.  En nuestro nuevo artículo, analizamos cómo la cultura organizacional, el compromiso de la alta dirección, la integración en los procesos de negocio y la comunicación efectiva son elementos fundamentales para fortalecer la gestión de riesgos. Además, profundizamos en la importancia de aprender de experiencias pasadas y adoptar un enfoque basado en procesos. Nuestro equipo de expertos en gestión de riesgos comparte consejos prácticos y estrategias comprobadas para establecer una cultura de riesgo, fortalecer el compromiso de los líderes, integrar la gestión de riesgos en todos los niveles de la organización, establecer una estructura de responsabilidad clara y promover una comunicación abierta. ¡No te pierdas este valioso contenido que te ayudará a fortalecer la gestión de riesgos en tu organización! ¡Haz clic para leer el artículo completo!

Leia mais

July/2023 - Probabilidade objetiva, subjetiva e aleatoriedade

Gestão de Riscos: Descubra a diferença entre probabilidade objetiva e subjetiva, bem como sua relação com a aleatoriedade! Você quer entender melhor como calcular riscos de forma objetiva ou subjetiva? Em nosso novo artigo, exploramos a distinção crucial entre probabilidade objetiva e subjetiva na gestão de riscos.  Descubra como identificar quando o cálculo de frequências não é possível na vida real e como a abordagem subjetiva desempenha um papel importante em decisões complexas.  Apresentamos uma estrutura lógica. Nosso artigo fornece ideias valiosas sobre como tomar decisões informadas em cenários incertos. Convidamos você a aprofundar-se no fascinante tema da gestão de riscos. Acesse agora e aprofunde seus conhecimentos em gestão de riscos! 

Leia mais

July/2023 - Andrei Kolmogorov e a gestão de riscos moderna

Você já ouviu falar de Andrei Kolmogorov e sabe qual a relação dele com a GESTÃO DE RISCOS MODERNA? Descubra como esse renomado matemático revolucionou a teoria da probabilidade e estabeleceu os fundamentos para a gestão de riscos em nosso novo artigo! Vamos explorar a influência de Kolmogorov nesse campo crucial, desde a publicação de seu trabalho seminal em 1933, intitulado "Teoria Axiomática da Probabilidade", até a construção de uma estrutura matemática sólida para a análise e a tomada de decisões em ambientes incertos, Kolmogorov deixou um legado poderoso. Neste artigo, você encontrará insights valiosos sobre os axiomas de Kolmogorov, que formam a base da teoria da probabilidade moderna. Descubra como esses princípios fundamentais, como a não-negatividade, a aditividade e a normalização, fornecem uma estrutura sólida para a gestão de riscos e garantem a consistência e a coerência das análises probabilísticas. Além disso, explore a relevância da teoria axiomática de Kolmogorov para a gestão de riscos moderna. Descubra como ela oferece fundamentação teórica, ferramentas de modelagem de incerteza, apoio à tomada de decisões informadas, análise de cenários e simulações, além de facilitar a comunicação e o compartilhamento de informações entre os profissionais envolvidos. Também destacamos a conexão entre a Teoria Axiomática da Probabilidade e a Teoria da Medida, explorando exemplos práticos que ilustram essa relação. Você entenderá como essas duas teorias se entrelaçam para fornecer uma estrutura matemática abrangente para a análise probabilística. Aproveite essa oportunidade para se aprofundar nesse campo crucial e aprimorar suas habilidades de gestão de riscos. Leia o artigo completo e descubra como a Teoria Axiomática da Probabilidade de Kolmogorov moldou a gestão de riscos moderna e ampliou nosso entendimento sobre incertezas e tomada de decisões informadas. Junte-se a nós nessa jornada de conhecimento! Aprofunde-se na teoria da probabilidade e gestão de riscos. Leia o artigo completo agora mesmo e adquira conhecimentos valiosos para enfrentar os desafios do ambiente incerto em que vivemos!

Leia mais

July/2023 - Incerteza como ponto de partida: reflexões a partir de do livro Se a natureza é a resposta, qual era a pergunta?

Descubra como lidar com a incerteza na gestão de riscos!  O mundo dos negócios é complexo e cheio de incertezas, mas você sabia que pensar na incerteza é essencial para tomar decisões informadas e adaptativas? No livro "Se a natureza é a resposta, qual era a pergunta?" de Jorge Wagensberg, somos convidados a explorar uma perspectiva fascinante sobre a incerteza e como abordá-la com base na lógica profunda e fundamentada na própria natureza. Descubra como a interseção entre incerteza e pensamento pode ser um poderoso impulsionador para tomadas de decisões inteligentes e audaciosas. Aprenda a avaliar riscos, considerar diferentes cenários plausíveis e estimar probabilidades com base nas informações disponíveis. No mundo da gestão de riscos, é fundamental alimentar nossa lógica com o que é logicamente viável e plausível. Dessa forma, estaremos preparados para enfrentar os desafios do ambiente empresarial, minimizando riscos e maximizando oportunidades. Não tema a incerteza, abrace-a como ponto de partida para o crescimento e a inovação. Descubra como a gestão de riscos se torna uma arte e uma ciência para navegar com sucesso em um mundo incerto. Leia o artigo completo e amplie seus horizontes!

Leia mais

July/2023 - Implantação de sistema de gestão de riscos orientado a processos: estratégias e dificuldades

Descubra como equilibrar os benefícios do GERENCIAMENTO DE RISCOS BASEADO EM PROCESSOS com as dificuldades práticas em diferentes ambientes organizacionais. Neste artigo, analisamos os requisitos mínimos necessários para implantar um sistema efetivo de gestão integrada de riscos orientado a processos. Exploramos estratégias para enfrentar desafios e exceções, considerando desde a cultura organizacional até a disponibilidade de recursos. Além disso, discutimos o papel da tecnologia como aliada nesse equilíbrio, destacando sua importância na coleta e análise de dados, automação de processos, comunicação e colaboração, monitoramento e alertas, e análise avançada de cenários. Venha descobrir como impulsionar a qualidade e a eficácia do gerenciamento de riscos enquanto se adapta às necessidades e realidades de sua organização.   Leia agora e aprofunde seus conhecimentos sobre essa temática fundamental para o sucesso empresarial.

Leia mais

July/2023 - Probabilidad objetiva, subjetiva y aleatoriedad

Gestión de Riesgos: ¡Descubre la diferencia entre probabilidad objetiva y subjetiva y su relación con la aleatoriedad! ¿Quieres entender mejor cómo calcular riesgos de forma objetiva o subjetiva? En nuestro nuevo artículo, exploramos la distinción crucial entre probabilidad objetiva y subjetiva en la gestión de riesgos. Descubre cómo identificar cuándo el cálculo de frecuencias no es posible en la vida real y cómo el enfoque subjetivo desempeña un papel importante en decisiones complejas. Presentamos una estructura lógica. Nuestro artículo brinda ideas valiosas sobre cómo tomar decisiones informadas en escenarios inciertos. Te invitamos a profundizar en el fascinante tema de la gestión de riesgos. ¡Accede ahora y profundiza tus conocimientos en gestión de riesgos! 

Leia mais

July/2023 - Uma jornada através da história da gestão de riscos: da pré-história à era digital

Você já se perguntou como nossos ancestrais se protegiam contra predadores ou garantiam a próxima refeição? Ou como as igrejas e os governos da Idade Média lidavam com riscos em um mundo cheio de incertezas? E o que dizer do mundo moderno BANI & VUCA, onde o risco passou a ter um novo rosto? Embarque com a gente nesta viagem no tempo! Estamos explorando 10 mil anos de história da gestão de riscos, desde a era dos caçadores-coletores até o mundo digital de hoje. Prepare-se para uma aventura que irá levá-lo desde o Renascimento e o Iluminismo, passando por várias tradições culturais e religiosas, até o desafiador cenário global de hoje. Neste estudo, vamos abordar também o renascimento da gestão de riscos individual na nossa era moderna, onde cada um de nós precisa ser um pouco 'Indiana Jones' navegando no labirinto de desafios que a vida nos apresenta. Mas prometemos que será divertido, assim como aquele professor de história que sempre conseguia dar vida aos fatos mais sérios com um toque de humor. Venha aprender como a gestão de riscos evoluiu ao longo do tempo e o que isso significa para você como indivíduo e para o mundo em geral. Afinal, a vida é uma série de riscos calculados, não é mesmo? Então, junte-se a nós em nossa mais recente publicação: Uma Jornada através da História da Gestão de Riscos: Da Pré-História à Era Digital. Garantimos uma leitura que lhe trará uma nova perspectiva sobre os desafios de nosso tempo. Vamos juntos decifrar o passado para navegar melhor no futuro!

Leia mais

June/2023 - Teoria e prática sobre Gestão de Riscos

Este artigo explora os diferentes enfoques de mitigação e compartilhamento de riscos, destacando a importância de evitar que a incerteza afete os objetivos. Examina-se um evento fictício com probabilidade de ocorrência no próximo ano e discute-se a escolha entre o tratamento de riscos por meio de compartilhamento ou mitigação. São abordados fatores como o impacto econômico, a capacidade de controle, a disponibilidade de recursos e a tolerância ao risco da organização. Além disso, são enfatizadas as medidas de mitigação e transferência de riscos obrigatórias por exigências legais, como seguro de responsabilidade civil e cumprimento normativo. Esse estudo contribui para uma compreensão abrangente da gestão de riscos e sua conformidade legal, essenciais para o alcance dos objetivos organizacionais.

Leia mais

May/2023 - Funções e responsabilidades do Chief Risk Officer (CRO) na organização

Você sabe quais são as funções mais relevantes do CRO de uma organização?  Leia esse post e saiba mais sobre as responsabildiades e importância do Chief Risk Officer (CRO) na organização.

Leia mais

May/2023 - O pequeno grande livro do risco de Dan Borges

Esse livro tem muitos insights interessantes para quem trabalha com riscos. Como indicamos no primeiro parágrafo, a leitura desse livro, por profissionais de riscos, ajudará a entender os quatro perfis de interlocutores com base em como eles abordam o fato de que a vida é incerta. Entendendo seu interlocutor, será muito mais fácil conseguir explicar estratégias de mitigação de riscos e aprovar projetos relacionados aos controles necessários para manter os riscos em níveis aceitáveis pela organização.

Leia mais

May/2023 - Teoria da decisão e sua importância na gestão de riscos

Você sabe por que a TEORIA DA DECISÃO é importante na gestão de riscos? A teoria da decisão é importante na GESTÃO DE RISCOS porque permite agir de forma lógica em situações onde os resultados são incertos por natureza. Você conhece a Teoria da Decisão? Leia o artigo na íntegra e deixe seu comentário!

Leia mais

April/2023 - Estilo de liderança eficiente na gestão integrada de riscos corporativos

O que é liderança e quais qualidades um bom líder deve possuir, não só na área de gestão de riscos, mas em todas as áreas da organização? Bons líderes não só são fundamentais, são condição sine qua non para a sobrevivência da organização, portanto, possuir bons líderes ajudará sua organização a crescer e estar entre as principais marcas do seu setor. Em nossa visão, o estilo de liderança mais eficiente para criação de uma cultura resiliente, baseada na gestão de riscos, é a Liderança Transformacional. Para implementar a estratégia do novo modelo das Três Linhas do IIA 2020 seguindo o processo descrito na ISO 31000, será necessário criatividade, resiliência e envolvimento de todas as pessoas da organização em prol de um objetivo compartilhado. Saiba mais, leia o artigo na íntegra!

Leia mais

April/2023 - A necessidade de gerenciar riscos das terceirizadas: como ser proativo?

http://www.totalrisk.com.brNovo eBook sobre Gestão de Riscos de Terceiros - A terceirização vem aumentando no Brasil e no mundo. Começou com atividades periféricas e foi alcançando atividades estratégicas, chegando atualmente a contar com grandes contingentes nas dependências da contratante. Isso aumenta as fontes de riscos e exige das organizações uma estratégia para gerenciar os riscos das empresas subcontratadas (terceirizadas e quarteirizadas). Faça download gratuito do eBook, sem necessidade de cadastro, e saiba mais!

Leia mais

November/2022 - Gestão de Riscos OEA – Operador Econômico Autorizado

Você já ouviu falar de OEA – Operador Econômico Autorizado? Segundo artigo publicado pela Valor Econômico em 10/05/2022, no Brasil, empresas que integram o programa OEA conseguem despachar uma carga importada por via marítima em 26 minutos, contra 28 horas para as demais. Uma importação por via aérea é desembaraçada em 21 minutos para um OEA e 14 horas para as demais. Dados do Balanço Aduaneiro de 2021, divulgado em maio/22, pela Receita Federal do Brasil, mostram que no ano passado apenas 0,32% das cargas de exportação dos OEA passaram por fiscalização. Para os que não são OEAs, as cargas fiscalizadas chegaram a 1,12%, uma quantidade 3,5 vezes maior. Nas importações, 0,73% das cargas dos OEA foram selecionados para fiscalização, enquanto nas demais empresas foram 3,96%. Existe alguma relação entre Operador Econômico Autorizado (OEA) e a GESTÃO DE RISCOS? Claro que sim! O OEA é um parceiro estratégico da Receita Federal que, após ter comprovado o cumprimento dos requisitos e critérios do Programa OEA - baseado em Gerenciamento de Risco - será certificado como um operador de baixo risco, confiável e, por conseguinte, gozará dos benefícios oferecidos pela Aduana Brasileira, relacionados à maior agilidade e previsibilidade de suas cargas nos fluxos do comércio internacional. O quinto critério de elegibilidade, que mapeia a confiabilidade do operador, indica que o GERENCIAMENTO DE RISCOS aduaneiros é obrigatório. Esperamos que esse artigo lhe ajude a entender melhor os benefícios de se tornar um Operador Econômico Autorizado e como Gerenciar os Riscos aduaneiros segundo a RFB! Boa leitura!

Leia mais

May/2022 - Você confia na avaliação de riscos da sua organização? Ela é efetiva e eficiente?

Você confia na avaliação de riscos da sua organização? Ela é efetiva e eficiente? Como a área de gestão de riscos pode se certificar de que suas avaliações de risco estão sendo efetivas e eficientes? Nesse artigo listamos 5 dicas importantes para evitar os principais equívocos no momento de avaliar seus riscos corporativos.

Leia mais

April/2022 - Mapa de calor é eficiente para analisar riscos?

Há muito e muito tempo atrás, provavelmente no período das grandes navegações, os riscos começaram a ser analisados com base em probabilidade (frequência) e impacto (consequência ou severidade). Frequentemente são avaliados por meio de matrizes de riscos com pontuações que se somam ou multiplicam, sendo atribuídos a uma cor (normalmente verde, amarelo e vermelho). Embora isso torne a avaliação de risco rápida, simples e objetiva, na verdade é uma prática com baixo valor agregado, ultrapassada à luz da ISO 31000:2018 e pode até induzir a erros. Essa prática precisa ser substituída ou complementada por outras técnicas para que a compreensão dos riscos, na etapa da análise dos riscos, seja útil para balizar boas tomadas de decisão.

Leia mais

April/2022 - Norma de Continuidade de Negócios ISO 22301

   O Padrão Internacional para Continuidade de Negócios (ISO 22301) publicado inicialmente em 2012 vem possibilitando que muitos países ao redor do mundo adotem formalmente o Padrão de Continuidade de Negócios da ISO, permitindo maior consistência e atendendo melhor às necessidades de organizações globais.

Leia mais

January/2022 - Modelo das três linhas integrado à ISO 31000

Novo e-Book publicado pela Plataforma t-Risk | Modelo das três linhas integrado à ISO 31000: uma abordagem em governança e gestão dos riscos corporativos | A orientação da norma ISO 31000, valiosa quanto a princípios e processos, diz pouco sobre a estrutura ideal para uma dada empresa e como seus membros irão se relacionar. Essa lacuna é plenamente suprida pelo modelo das três linhas. A integração de ambos promove uma gestão de riscos coordenada e coerente, ajustada à cultura da organização.

Leia mais

December/2022 - A tecnologia que está mudando a forma como as empresas enxergam os riscos

O desenvolvimento do software t-Risk teve como base a aliança sólida entre conhecimentos teóricos e práticos, buscando inspiração teórica em métodos consagrados e globalmente conhecidos como, por exemplo, método Mosler, método cartesiano, princípio de Pareto, entre outros, com foco e olhar atento à realidade brasileira, com suas sui generes especificidades. O método automatizado por nossa ferramenta é uma síntese dos conhecimentos teóricos e práticos adquiridos em quase três décadas de estudos e atuação prática em ambientes como, por exemplo, o Exército Brasileiro, o mercado de prestação de serviços de segurança eletrônica e vigilância, consultoria de segurança empresarial, gestão da segurança da informação e gestão empresarial interna e externa (no mercado de segurança) de empresas de grande porte, nacionais e internacionais.

Leia mais

September/2021 - Usted, ¿Está preparado para ser el futuro CRO de su organización?

Ante la pandemia de Covid-19, el mundo entero tuvo que adaptarse rápidamente a una nueva realidad sanitaria y económica. Riesgos que antes eran impensables comenzaron a exigir un perfil más anticipatorio y estratégico por parte de los gestores de riesgos. Este escenario ha llevado a las organizaciones a crear, a nivel gerencial, el cargo de Chief Risk Officer (CRO), ocupado por un profesional que entiende los riesgos como un medio para lograr los objetivos de la organización.

Leia mais

April/2021 - Você está preparado para ser o futuro CRO da sua organização?

Diante da pandemia de Covid-19, o mundo todo precisou se adequar às pressas a uma nova realidade sanitária e econômica. Riscos antes impensáveis passaram a exigir, dos gestores de riscos, perfil mais antecipatório e estratégico. Esse cenário tem levado as organizações a criarem, no nível de direção, o cargo de Chief Risk Officer (CRO), ocupado por profissional que entende os riscos como meio para atingir os objetivos da organização.

Leia mais

August/2020 - Reconhecimento profissional através das certificações

Você já pensou em aumentar seu reconhecimento profissional - na área de gestão de riscos de segurança corporativa - através de certificações e credenciais? Provavelmente sua resposta será sim! A Plataforma t-Risk passou a emitir uma Badge específica para os profissionais que se destacam nessa área de atividade e utilizam a Plataforma t-Risk para elaborarem suas avaliações de riscos de segurança corporativa.

Leia mais

August/2020 - Riscos decorrentes da não integração das áreas de segurança em uma organização

A segurança da sua empresa é feita de forma integrada e integral? Sabia que os ataques e invasões causam danos à infraestrutura das organizações, tanto no mundo cibernético quanto no físico, e a terceiros também, como fornecedores e clientes. Eles também atraem a atenção dos órgãos governamentais e mistos. Com esses fatos em mente, a prevenção e o gerenciamento de RISCOS devem ser realizados de forma integral através da segurança ciberfísica.   

Leia mais

July/2020 - Apetite ao risco & Tolerância ao risco. Qual é a diferença?

Os termos apetite ao risco e seu primo próximo tolerância ao risco são frequentemente mal compreendidos, muito raramente usados ​​com bons resultados e comumente usados ​​de forma intercambiável. Semelhante à palavra risco você pode encontrar diversas definições diferentes para esses termos. Conheça algumas definições potencialmente úteis para sua empresa! 

Leia mais

July/2020 - ROI na gestão de riscos de segurança corporativa e definição de vocabulário

Sua organização já definiu um vocabulário comum para os temas de gestão de riscos de segurança? Entenda como essas definições poderão contribuir com o ROI positivo dos projetos de gestão de riscos de segurança corporativa. 

Leia mais

June/2020 - Risco inerente versus Risco residual

Em diversas ocasiões nos deparamos com o cliente tendo dúvidas sobre os termos “risco inerente” e “risco residual” e respectiva relação entre eles.  Ao realizar uma avaliação de risco, o primeiro passo é identificar o risco inerente e, em seguida, considerar os controles eficazes e eficientes para chegar ao risco residual. 

Leia mais

November/2015 - Livro: GESTÃO DE RISCOS NA SEGURANÇA PATRIMONIAL - Um guia para empresários e consultores

Um guia para empresários e consultores   Autor: Tácito Augusto Silva Leite  

Leia mais